Você terminou o Ensino Médio e está pensando em ingressar na faculdade para começar, definitivamente, sua carreira? Ou será que você sente-se estagnado no mercado de trabalho e busca uma pós-graduação para dar um up grade no currículo? Independentemente do ponto na jornada em que você está, um curso de graduação tem muito potencial para impulsionar os seus sonhos. Já pesquisou pelas universidades privadas no Brasil?

Ao contrário do que diz a crença popular, as universidades privadas, tanto aquelas com cursos presenciais como as que oferecem cursos a distância, têm potencial para oferecer um ensino de alta qualidade, como muitas universidades públicas. Por isso, para escolher uma boa instituição de ensino é muito importante verificar se são cursos reconhecidos pelo MEC, qual sua nota junto ao órgão e também qual índice de qualificação geral da universidade. Quer saber como encontrar essas informações?

Para te ajudar em uma decisão tão importante, listamos abaixo as cinco melhores universidades do Brasil, segundo ranking do MEC. Leia a seguir como as universidades são avaliadas e quais os critérios são levados em consideração – além de conhecer aqueles que integram o top 5.

Além da avaliação feita pelo MEC, o jornal Folha de S. Paulo também promove anualmente, desde 2012, o Folha RUF (Ranking Universitário Folha), que avalia indicadores relacionados à pesquisa, internacionalização, inovação, ensino e mercado. O ranking divulgado em 2018 pelo Folha RUF contou com a avaliação de 196 universidades brasileiras e está disponível aqui, confira.

Aspectos da avaliação de universidades privadas no Brasil

Além das universidades privadas, todo ano os institutos federais, faculdades e centros universitários também passam pela avaliação de qualidade do MEC. O modelo de análise baseia-se em três aspectos fundamentais: a instituição, os cursos e o desempenho dos estudantes.

Ou seja, a função do MEC é emitir um atestado de qualificação sobre cada instituição de ensino no país, e assim permitir que o aluno tenha acesso a uma educação de mais qualidade e formação profissional de excelência, além de fornecer informações fundamentais para basear a sua escolha por determinada instituição de ensino.

E então, como o MEC define as estrelas para cada universidade?

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é o órgão responsável por realizar a avaliação das Instituições do Ensino Superior, que leva em consideração alguns aspectos para classificar o IGC (Índice Geral de Cursos), ou seja, a avaliação da qualidade da instituição.

O índice é calculado a partir da média dos últimos três CPCs (Conceito Preliminar de Curso), a média das avaliações dos programas de pós-graduação stricto sensu da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a distribuição dos alunos entre os cursos de graduação e pós-graduação.

O resultado dessa equação é chamada “Nota do Mec”, que varia de 1 a 5, sendo que quanto mais próximo de 5, melhor a qualidade de ensino da instituição.

Agora que você já sabe como as notas são calculadas, vamos ao ranking divulgado pelo MEC recentemente, referente ao ciclo avaliativo de 2017 – os dados mais recentes publicados.

Ponto de atenção: Instituições com IGC 4 e 5 são consideradas excelentes e aquelas que ficam abaixo de IGC 3 não atendem às exigências do MEC.

Top 5 Universidades privadas no Brasil

O ranking com as melhores faculdades e universidades particulares do Brasil, segundo o MEC, foi publicado na Revista Exame e traz a lista completa das 320 melhores instituições particulares do país. As 5 primeiras dessa lista são:

#1 – Escola Brasileira de Economia e Finanças (EBEF)

Primeiro lugar no ranking, a Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas já conquistou outras seis vezes este posto, completando agora a sétima vez. Nota cinco na avaliação do MEC, a escola sediada no Rio de Janeiro tem destaque por seu excelente corpo docente e artigos científicos escritos por profissionais de renome, como Aloísio Araújo, um dos maiores produtores de artigos científicos do Brasil e faz parte da equipe da FVG atualmente.  

Em 2016, a Escola ainda foi apontada no Ranking Internacional de Departamentos de Economia da Universidade de Tilburg como o primeiro lugar na América Latina.

#2 Escola de Economia de São Paulo (EESP)

O segundo lugar no ranking também é ocupado por uma instituição de ensino da Fundação Getúlio Vargas, a Escola de Economia de São Paulo. Também com nota 5 no MEC, a relação entre pesquisa e instituições estrangeiras, incluindo ensino e pesquisa, é um dos diferenciais que a colocam em segundo lugar.

A Escola foi lançada em 2003 no Salão de Negociações (Pregão) da Bovespa e conta com um corpo docente experiente no ensino e pesquisa em economia.

#3 Escola de Ciências Sociais

Também da FGV, a Escola de Ciências Sociais está em terceiro lugar no ranking, também com nota 5. A instituição foi criada em 2005 pelo CPDOC (Centro de pesquisa e documentação de História Contemporânea do Brasil), que em 2006 lançou o curso de graduação (bacharelado) em Ciência Sociais com um projeto pedagógico inovador.

#4 Faculdade São Leopoldo Mandic

Localizada em Campinas, interior de São Paulo, a Faculdade São Leopoldo Mandic é referência em odontologia e medicina. Classificada em quarto lugar no ranking, essa instituição também tem nota 5 no MEC.

O mérito deve-se ao bom desempenho do tripé ensino/pesquisa/extensão, mesmo sendo classificada como Faculdade. Para quem não sabe, o MEC diferencia Universidade de Faculdade frente alguns quesitos, e um deles é a quantidade de professores que têm título de mestrado ou doutorado. Nas Universidades, é preciso que pelo menos um terço do corpo docente possua um dos títulos. Pois o MEC confia que quanto maior a titulação dos professores, mais experiência e pesquisas eles poderão transmitir aos alunos.

A Faculdade São Leopoldo Mandic foi fundada há mais de 30 anos e oferece cursos de graduação em Medicina e em Odontologia e os cursos de pós-graduação Lato Sensu (Especialização) e Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado).

#5 Faculdade FUCAPE

A Faculdade FUCAPE Business School conquistou o quinto lugar no ranking dentre as 2.132 Instituições privadas avaliadas, entre universidades, faculdades e centros universitários.

Pelo oitavo ano consecutivo a instituição se posicionou dentre as 10 melhores no ranking brasileiro, reflexo de uma série de investimentos, como seleção do corpo docente com foco em alta formação e experiência de mercado, além de fomento à pesquisa e intercâmbios.

Os cursos a distância também são avaliados?  

O ensino online não é novidade para ninguém, muito pelo contrário: cada vez mais pessoas se interessam por essa modalidade de ensino que traz praticidade e flexibilidade, mas não pode perder a qualidade. Algumas universidades oferecem modelo de ensino inovador, como semipresencial, totalmente online ou telepresenciais, como a Universidade Estácio de Sá.

O MEC avalia as faculdades que oferecem cursos a distância com dois indicadores: o IGC (Índice Geral de Cursos, que leva em consideração todas as graduações oferecidas) e o CI (Conceito Institucional, uma avaliação presencial feita por especialistas). Essa pontuação também vai de um a 5, sendo que 5 e 4 são níveis excelentes, 3 é considerado satisfatório e as notas 1 e 2 significam que aquela instituição não atinge o padrão de qualidade exigido pelo MEC.

A Estácio é uma instituição de ensino superior fundada em 1970, que começou como uma faculdade de Direito, mas hoje é um dos gigantes da educação no Brasil. Sua sede está no Rio de Janeiro, mas há unidades espalhadas por todo o país. Atualmente, oferece cursos de graduação presencial, graduação EaD, pós-graduação, mestrado, doutorado, além de cursos livres. Sua estrutura é gigantes:

  • São mais de 836.000 alunos matriculados;
  • 91 cursos de graduação e 464 de pós-graduação;
  • Mais de 7.000 docentes;
  • 109 campi e 714 polos
  • Tem nota 4 no MEC e todos os cursos são credenciados.

Optar por uma faculdade não credenciada pelo MEC pode ser perigoso, pois a instituição pode ser obrigada a encerrar suas atividades a qualquer momento, de acordo com a legislação e a atuação do MEC e seus órgão regulamentadores – o que pode prejudicar muito a continuidade da sua formação. Além disso, ao final do curso ainda é possível descobrir que a instituição não tem autorização para emitir diplomas válidos – o que inviabiliza a sua formação superior completa.

Claro que você não quer passar por isso, sendo assim é imprescindível que você avalie e verifique como está a reputação da universidade escolhida junto ao MEC. Fique sempre de olho para escolher a melhor educação!

Se você está buscando pela nota geral de alguma faculdade ou universidade que não citamos aqui, acesso o portal e-MEC e faça sua pesquisa personalizada. É só acessar o site, clicar em “Consulta Avança” e preencher os campos solicitados.
Agora você já sabe quais são as 5 melhores universidades privadas do Brasil e pode escolher aquela que vai te receber para dar esse passo tão importante na carreira profissional. Gostou de saber mais sobre esse assunto? Com certeza agora ficou mais claro para escolher o melhor curso a distância ou presencial que irá agregar mais valor à sua carreira. Compartilhe com um amigo, pode ser útil para ele também.

Você terminou o Ensino Médio e está pensando em ingressar na faculdade para começar, definitivamente, sua carreira? Ou será que você sente-se estagnado no mercado de trabalho e busca uma pós-graduação para dar um up grade no currículo? Independentemente do ponto na jornada em que você está, um curso de graduação tem muito potencial para impulsionar os seus sonhos. Já pesquisou pelas universidades privadas no Brasil?

Ao contrário do que diz a crença popular, as universidades privadas, tanto aquelas com cursos presenciais como as que oferecem cursos a distância, têm potencial para oferecer um ensino de alta qualidade, como muitas universidades públicas. Por isso, para escolher uma boa instituição de ensino é muito importante verificar se são cursos reconhecidos pelo MEC, qual sua nota junto ao órgão e também qual índice de qualificação geral da universidade. Quer saber como encontrar essas informações?

Para te ajudar em uma decisão tão importante, listamos abaixo as cinco melhores universidades do Brasil, segundo ranking do MEC. Leia a seguir como as universidades são avaliadas e quais os critérios são levados em consideração – além de conhecer aqueles que integram o top 5.

Além da avaliação feita pelo MEC, o jornal Folha de S. Paulo também promove anualmente, desde 2012, o Folha RUF (Ranking Universitário Folha), que avalia indicadores relacionados à pesquisa, internacionalização, inovação, ensino e mercado. O ranking divulgado em 2018 pelo Folha RUF contou com a avaliação de 196 universidades brasileiras e está disponível aqui, confira.

Aspectos da avaliação de universidades privadas no Brasil

Além das universidades privadas, todo ano os institutos federais, faculdades e centros universitários também passam pela avaliação de qualidade do MEC. O modelo de análise baseia-se em três aspectos fundamentais: a instituição, os cursos e o desempenho dos estudantes.

Ou seja, a função do MEC é emitir um atestado de qualificação sobre cada instituição de ensino no país, e assim permitir que o aluno tenha acesso a uma educação de mais qualidade e formação profissional de excelência, além de fornecer informações fundamentais para basear a sua escolha por determinada instituição de ensino.

E então, como o MEC define as estrelas para cada universidade?

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é o órgão responsável por realizar a avaliação das Instituições do Ensino Superior, que leva em consideração alguns aspectos para classificar o IGC (Índice Geral de Cursos), ou seja, a avaliação da qualidade da instituição.

O índice é calculado a partir da média dos últimos três CPCs (Conceito Preliminar de Curso), a média das avaliações dos programas de pós-graduação stricto sensu da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a distribuição dos alunos entre os cursos de graduação e pós-graduação.

O resultado dessa equação é chamada “Nota do Mec”, que varia de 1 a 5, sendo que quanto mais próximo de 5, melhor a qualidade de ensino da instituição.

Agora que você já sabe como as notas são calculadas, vamos ao ranking divulgado pelo MEC recentemente, referente ao ciclo avaliativo de 2017 – os dados mais recentes publicados.

Ponto de atenção: Instituições com IGC 4 e 5 são consideradas excelentes e aquelas que ficam abaixo de IGC 3 não atendem às exigências do MEC.

Top 5 Universidades privadas no Brasil

O ranking com as melhores faculdades e universidades particulares do Brasil, segundo o MEC, foi publicado na Revista Exame e traz a lista completa das 320 melhores instituições particulares do país. As 5 primeiras dessa lista são:

#1 – Escola Brasileira de Economia e Finanças (EBEF)

Primeiro lugar no ranking, a Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas já conquistou outras seis vezes este posto, completando agora a sétima vez. Nota cinco na avaliação do MEC, a escola sediada no Rio de Janeiro tem destaque por seu excelente corpo docente e artigos científicos escritos por profissionais de renome, como Aloísio Araújo, um dos maiores produtores de artigos científicos do Brasil e faz parte da equipe da FVG atualmente.  

Em 2016, a Escola ainda foi apontada no Ranking Internacional de Departamentos de Economia da Universidade de Tilburg como o primeiro lugar na América Latina.

#2 Escola de Economia de São Paulo (EESP)

O segundo lugar no ranking também é ocupado por uma instituição de ensino da Fundação Getúlio Vargas, a Escola de Economia de São Paulo. Também com nota 5 no MEC, a relação entre pesquisa e instituições estrangeiras, incluindo ensino e pesquisa, é um dos diferenciais que a colocam em segundo lugar.

A Escola foi lançada em 2003 no Salão de Negociações (Pregão) da Bovespa e conta com um corpo docente experiente no ensino e pesquisa em economia.

#3 Escola de Ciências Sociais

Também da FGV, a Escola de Ciências Sociais está em terceiro lugar no ranking, também com nota 5. A instituição foi criada em 2005 pelo CPDOC (Centro de pesquisa e documentação de História Contemporânea do Brasil), que em 2006 lançou o curso de graduação (bacharelado) em Ciência Sociais com um projeto pedagógico inovador.

#4 Faculdade São Leopoldo Mandic

Localizada em Campinas, interior de São Paulo, a Faculdade São Leopoldo Mandic é referência em odontologia e medicina. Classificada em quarto lugar no ranking, essa instituição também tem nota 5 no MEC.

O mérito deve-se ao bom desempenho do tripé ensino/pesquisa/extensão, mesmo sendo classificada como Faculdade. Para quem não sabe, o MEC diferencia Universidade de Faculdade frente alguns quesitos, e um deles é a quantidade de professores que têm título de mestrado ou doutorado. Nas Universidades, é preciso que pelo menos um terço do corpo docente possua um dos títulos. Pois o MEC confia que quanto maior a titulação dos professores, mais experiência e pesquisas eles poderão transmitir aos alunos.

A Faculdade São Leopoldo Mandic foi fundada há mais de 30 anos e oferece cursos de graduação em Medicina e em Odontologia e os cursos de pós-graduação Lato Sensu (Especialização) e Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado).

#5 Faculdade FUCAPE

A Faculdade FUCAPE Business School conquistou o quinto lugar no ranking dentre as 2.132 Instituições privadas avaliadas, entre universidades, faculdades e centros universitários.

Pelo oitavo ano consecutivo a instituição se posicionou dentre as 10 melhores no ranking brasileiro, reflexo de uma série de investimentos, como seleção do corpo docente com foco em alta formação e experiência de mercado, além de fomento à pesquisa e intercâmbios.

Os cursos a distância também são avaliados?  

O ensino online não é novidade para ninguém, muito pelo contrário: cada vez mais pessoas se interessam por essa modalidade de ensino que traz praticidade e flexibilidade, mas não pode perder a qualidade. Algumas universidades oferecem modelo de ensino inovador, como semipresencial, totalmente online ou telepresenciais, como a Universidade Estácio de Sá.

O MEC avalia as faculdades que oferecem cursos a distância com dois indicadores: o IGC (Índice Geral de Cursos, que leva em consideração todas as graduações oferecidas) e o CI (Conceito Institucional, uma avaliação presencial feita por especialistas). Essa pontuação também vai de um a 5, sendo que 5 e 4 são níveis excelentes, 3 é considerado satisfatório e as notas 1 e 2 significam que aquela instituição não atinge o padrão de qualidade exigido pelo MEC.

A Estácio é uma instituição de ensino superior fundada em 1970, que começou como uma faculdade de Direito, mas hoje é um dos gigantes da educação no Brasil. Sua sede está no Rio de Janeiro, mas há unidades espalhadas por todo o país. Atualmente, oferece cursos de graduação presencial, graduação EaD, pós-graduação, mestrado, doutorado, além de cursos livres. Sua estrutura é gigantes:

  • São mais de 836.000 alunos matriculados;
  • 91 cursos de graduação e 464 de pós-graduação;
  • Mais de 7.000 docentes;
  • 109 campi e 714 polos
  • Tem nota 4 no MEC e todos os cursos são credenciados.

Optar por uma faculdade não credenciada pelo MEC pode ser perigoso, pois a instituição pode ser obrigada a encerrar suas atividades a qualquer momento, de acordo com a legislação e a atuação do MEC e seus órgão regulamentadores – o que pode prejudicar muito a continuidade da sua formação. Além disso, ao final do curso ainda é possível descobrir que a instituição não tem autorização para emitir diplomas válidos – o que inviabiliza a sua formação superior completa.

Claro que você não quer passar por isso, sendo assim é imprescindível que você avalie e verifique como está a reputação da universidade escolhida junto ao MEC. Fique sempre de olho para escolher a melhor educação!

Se você está buscando pela nota geral de alguma faculdade ou universidade que não citamos aqui, acesso o portal e-MEC e faça sua pesquisa personalizada. É só acessar o site, clicar em “Consulta Avança” e preencher os campos solicitados.
Agora você já sabe quais são as 5 melhores universidades privadas do Brasil e pode escolher aquela que vai te receber para dar esse passo tão importante na carreira profissional. Gostou de saber mais sobre esse assunto? Com certeza agora ficou mais claro para escolher o melhor curso a distância ou presencial que irá agregar mais valor à sua carreira. Compartilhe com um amigo, pode ser útil para ele também.